François Hollande Declara Apoio a Macron

por paulo eneas
O socialista François Hollande, presidente da França, declarou seu apoio formal ao também socialista Emmanuel Macron, que foi seu ministro da economia. Logo após as apurações eleitorais de ontem, o candidato derrotado do Partido da República François Fillon, supostamente conservador, também declarou seu apoio ao candidato globalista.

Conforme estamos antecipando desde ontem aqui no Crítica Nacional, o establishment político francês inteiro, incluindo obviamente a esquerda, irá cerrar fileiras com Macron contra a candidatura de direita de Marine Le Pen. O apoio explícito de Hollande indica que na hipótese de vitória dos globalistas com Macron o Partido Socialista continuará no poder, e os franceses terão assistido ao maior estelionato politico de sua história recente.

#CriticaNacional #TrueNews


 

5 comments

  1. Os amigos leitores perceberam a semelhança entre as eleições presidenciais francesas e a eleição do presidente Trump? Todos e tudo (quase tudo) formaram fileiras contra um candidato “nazista, fascista, homofóbico, islamofóbico ” e muitos mais “óbicos e istas”? E eu não me engano. O presidente Trump teve o apoio da maioria esmagadora do evangélicos (81%). Dos católicos, obteve 45% de votos. Mas aonde estão os cristãos da França?

  2. Paulo, até que ponto é verdade que a Le Pen é estatista? Não que isso seja, mesmo em se confirmando, motivo suficiente para não preferir a eleição dela, porém, gostaria de saber. Grato.

    1. Pelo que li a respeito, ela parece defender algo semelhante ao nacional-desenvolvimentismo, que é uma mistura de fascismo e socialismo fabiano.

      Ela não é uma direitista autêntica, tanto que teve atritos com o pai, Jean Marie, que era bem mais direitista raiz que ela. Entretanto, uma vitória do Front seria importante para enfraquecer o establishment internacionalista, assim como foi a vitória de Trump.

      O inimigo de meu inimigo não é necessariamente meu amigo.

Comentários