O presidente Jair Bolsonaro realizou reunião no Palácio da Alvorada nesta segunda-feira (27/04) com os ministros da Economia, Paulo Guedes, da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, da Agricultura, Tereza Cristina, além de Roberto Campos Neto (presidente do Banco Central) e André Luiz de Almeida Mendonça (Advocacia-Geral da União).

Após a reunião, o mandatário brasileiro e ministros falaram com a imprensa na saída do Palácio da Alvorada. Paulo Guedes afirmou que o mundo inteiro está gastando mais agora devido a crise, como consequência, o Brasil também tem que gastar mais. Em tom bastante otimista, Paulo Guedes afirmou que o Brasil vai surpreender o mundo de novo.

“Ano que vem nós já vamos estar certamente crescendo com os investimentos em saneamento, em petróleo e gás, em infraestrutura, em logística. Então nós seguimos firmes no nosso compromisso”, completou.

Ao final, Paulo Guedes agradeceu a confiança do presidente Jair Bolsonaro e enfatizou que desde o início o presidente Bolsonaro disse que nenhum brasileiro ficaria para trás, e que não iria faltar dinheiro pra saúde nem para preservar os empregos dos brasileiros. O ministro ainda afirmou que o Brasil não vai virar uma Argentina ou Venezuela. “Nós não queremos virar a Argentina ou a Venezuela. Nós estamos em outro caminho, da prosperidade e não do desespero”.