O Ministério da Saúde entregou até o momento, 823 respiradores a 16 estados do país para enfrentamento da pandemia do vírus chinês. As Unidades da Federação que mais receberam foram o Rio de Janeiro (206), Amazonas (138), Pará (130), Ceará (75), Pernambuco (85) e Amapá (45).

Os números foram apresentados pelo secretário executivo adjunto do Ministério da Saúde, Élcio franco, e o secretário substituto de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, durante entrevista no Palácio do Planalto, na segunda-feira(18/05).

O Ceará recebeu R$ 75,3 milhões para enfreamento da covid-19; 200 leitos habilitados; 2,8 milhões de EPIs; e 75 respiradores. O Maranhão recebeu R$ 59,5 milhões; 110 leitos habilitados; 2,1 milhões de EPIs; e 25 respiradores. Pernambuco recebeu R$ 157,5 milhões; 276 leitos habilitados; 2,9 milhões de EPIs; e 50 respiradores (com previsão de outros 35 em nova entrega em maio). O Rio de Janeiro recebeu R$ 144,2 milhões e 150 respiradores (com nova entrega de 56). São Paulo teve 519,8 milhões; 1.638 leitos habilitados; 15,6 milhões de EPIs; e 20 respiradores.

Em nota o Ministério da Saúde informou na noite desta segunda-feira que o Brasil ultrapassou a marca de 100.459 pessoas recuperadas do vírus chinês, o que representa 39,5% do total de casos confirmados até o momento: 254.220 pessoas. Outras 136.969 pessoas estão sendo acompanhadas (53,9%) por profissionais que monitoram a evolução da doença. Até o momento, o país registra 16.792 óbitos, sendo que 674 foram registradas nos sistemas de informação oficiais do Ministério da Saúde, apesar de a maioria ter acontecido em outros dias.

*Com informações do Ministério da Saúde