por angelica ca
O presidente americano, Donald Trump publicou em suas redes sociais nesta quarta-feira (27/05) que o governo federal irá regulamentar fortemente ou fechará as empresas de mídia social que suprimem vozes conservadoras em nome da suposta proteção da verdade.

O mandatário americano fez o alerta contra a ação criminosa de empresas de mídia social um dia após o Twitter ter verificado dois de seus tweets nos quais o presidente dizia que o voto pelos correios levaria a uma eleição fraudulenta em novembro. A plataforma classificou as publicações como sendo enganosas e as tratou com disseminadoras de informações não verificadas.

“Os republicanos entendem que as plataformas de mídia social silenciam completamente as vozes conservadoras. Vamos regulá-las fortemente, ou vamos fechá-las, em vez de permitir que algo assim aconteça. Vimos o que eles tentaram fazer e falharam na eleição presidencial de 2016. Não podemos permitir uma versão mais sofisticada disso”, acrescentou o presidente Donald Trump.

Além disso, o líder norte-americano reiterou sua rejeição à votação pelo correio, alegando que esse modo de votação tornaria possível as fraudes. “Não podemos permitir que as cédulas por correio em larga escala ocorram em nosso país. Seria a liberdade de todos os enganos, falsificações e roubos de cédulas”. Com informações de Daily Mail e AFP


Crítica Nacional Notícias: