Petistas & Tucanos na Delação da Odebrecht: Comparações Desavergonhadas

Militantes ou simpatizantes tucanos estão fazendo um esforço para comparar os valores envolvidos na corrupção praticada pelos petistas com os valores envolvendo políticos tucanos na delação de Emílio Odebrecht. A comparação visa obviamente sugerir a ideia de que o problema mais grave se chama PT e que os pecados do PSDB devem ser devidamente dimensionados conforme os valores envolvidos. Quando um militante precisa usar do argumento de que seu partido é menos corrupto do que um outro, é porque já não há régua moral alguma que possa ser utilizada, mas somente a régua monetária para medir quem roubou menos e quem roubou mais.

Usar da medida do grau de corrupção como argumentos para negar que petistas e tucanos podem e devem ser equiparados é argumento desonesto e cínico. Se o petismo promoveu o maior esquema de corrupção na história do país, é porque o partido chegou ao poder, e chegou graças ao caminho que lhe foi pavimentado e assegurado pelos tucanos.

Portanto, petistas e tucanos podem e devem ser equiparados, tanto no que diz respeito às afinidades ideológicas entre socialistas e socialdemocratas, quanto às práticas de corrupção de ambos os partidos. E se existe diferença de escala de valores nessas práticas corruptas, ela se deve à circunstância do exercício ou não do poder, que ambos têm disputado num jogo combinado de mais de duas décadas. Um jogo que, para o bem do país, parece ter chegado ao fim.

#CriticaNacional #TrueNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário