A Câmara Municipal do Rio de Janeiro realizou nessa terça-feira, dia 04/04, uma audiência pública para debater o Plano Municipal de Educação da cidade. Pais e mães e ativistas da direita conservadora compareceram em peso para se manifestar e protestar contra a inclusão da chamada ideologia de gênero na educação infantil, uma das agendas ideológicas mais criminosas e abjetas que a esquerda vem tentando impor ao país nos últimos anos.

A audiência teve dois momentos antológicos: o primeiro foi quando o bispo auxiliar do Rio de Janeiro, Dom Antônio Augusto, gravou um vídeo dois dias antes convocando os católicos para participar da audiência e alertando sobre o caráter nefasto da ideologia de gênero. O vídeo pode ser visto abaixo:

O segundo momento marcante foi quando a Sra. Maria Inez, mãe de uma aluna do Colégio Pedro II, fez seu pronunciamento. Moradora do subúrbio da cidade, faxineira e passadeira, sua fala expressou na sua autenticidade o sentimento da imensa maioria do povo brasileiro. Um sentimento que a minoria da elite de esquerda se dispõe a ignorar para tentar impor sua agenda ideológica à revelia da vontade, dos valores morais e da índole da maioria dos brasileiros.

Agradecimentos a Francisco Freire.

#CriticaNacional #TrueNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário