O Julgamento de Michel Temer no TSE

A chapa que elegeu Michel Temer e a ex-presidente petista será julgada nessa terça-feira pelo TSE, após quase três anos desde a realização das eleições. O que vai estar em julgamento não é a lisura do processo eleitoral, pois se fosse esse o caso as eleições deveriam ser consideradas nulas e ilegítimas por natureza, em vista do sistema fraudulento de votação eletrônica implantado no país durante os governos tucano e petista.

O caráter fraudulento do sistema de votação eletrônica tornou o atual mandato presidencial ilegítimo já no seu nascedouro. Uma ilegitimidade que foi corroborada pelo próprio TSE no inaceitável processo de apuração secreta, o que faz com que esse órgão não tenha legitimidade alguma para julgar a legitimidade de qualquer pleito eleitoral. Portanto, o que ocorrerá nessa terça na corte eleitoral será apenas mais um capítulo da disputa de poder quem vem ocorrendo em todas as instâncias do estamento burocrático.

Uma disputa que envolve a Procuradoria Geral da República, o Supremo Tribunal Federal e agora o próprio TSE. Essa disputa poderá resultar ou não na cassação do mandato do atual presidente. Uma parte da imprensa, incluindo Organizações Globo, Folha de São Paulo e O Antagonista está há semanas em campanha aberta pela cassação, alinhando-se dessa forma a todas as forças políticas de esquerda do país. O resultado desse julgamento será obviamente fruto de uma decisão política de seus atores. Ao longo do dia traremos mais notícias a respeito desse julgamento.

#CriticaNacional #TrueNews

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE