A Contabilidade de Mortos do Ramadã

O Ramadã, mês supostamente sagrado para os muçulmanos, teve início no dia 27 de maio e se estenderá por trinta dias. Nesses doze dias iniciais do Ramadã, foram cometidos aproximadamente 60 atentados terroristas por parte dos muçulmanos em 19 países distintos. Esses atentados resultaram na morte de 832 pessoas e em cerca de 912 feridos. Entre as vítimas estão cristãos, ocidentais de modo geral, árabes, e também outros muçulmanos de seitas distintas.

No Ramadã do ano passado, a contabilidade de mortes causadas pelo terror islâmico resultou em 1.150 vítimas entre mortos e feridos. Considerando o número de vítimas até o momento, o Ramadã desse ano possivelmente será ainda mais sangrento. A despeito desses números que falam por si, a esquerda ocidental e os globalistas, e seus agentes da grande imprensa e do meio acadêmico, continuarão a tentar convencer o mundo ocidental de que o islã é uma religião de paz.

Com informações de Breitbart. #CriticaNacional #TrueNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE