por paulo eneas
Um erro em que estão incorrendo algumas figuras públicas no modo pelo qual estão conduzindo o debate político mais recente no país é o de passar a ideia de que o conservadorismo esteja necessariamente relacionado a alguma forma de erudição. Desse erro, pode-se deduzir erroneamente que a régua para se medir um conservador é dada pela medida de sua erudição a respeito de temas ligados ao conservadorismo. Nada pode ser mais falacioso!

Essa noção, além de não corresponder ao entendimento correto que se tem sobre o conservadorismo, pode passar a ideia igualmente errada de que o conservadorismo se define por um conjunto de teorias ou ideias elaboradas de maneira teórica, cuja compreensão plena demandaria um esforço de erudição, para que somente então o indivíduo, de posse dessa bagagem teórica, pudesse ser considerado conservador. Mas o nome disso é ideologia! E nada é mais diametralmente oposto ao conservadorismo do que uma ideologia.

É evidente que o conservadorismo comporta uma erudição e uma riqueza de elaboração teórica inesgotáveis. Mas estas são o produto ou consequência do conservadorismo, podendo até mesmo ser o seu registro histórico, mas não se constituem naquilo que o define e o instaura como fato concreto do modo como as pessoas vivem, enxergam o mundo e os valores e condutas que estas mesmas pessoas adotam. Ter clareza dessa distinção é fundamental, especialmente no tratamento do tema junto ao público mais amplo, para fins de guerra política.

As figuras públicas que estão, ainda que inadvertidamente, deixando passar essa ideia de conservadorismo como resultado de uma erudição, que nada mais seria que uma versão mais sofisticada ou mesmo dissimulada de uma ideologia ou doutrina, acabam por contribuir para a desinformação do público a respeito do próprio conservadorismo. E acabam se comportando, ainda que de novo inadvertidamente, como intelectuais da esquerda com sua noção de vanguarda revolucionária.

#CriticaNacional #TrueNews


APOIE O CRÍTICA NACIONAL
CLIQUE AQUI E FAÇA SUA ASSINATURA OU DOAÇÃO


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE