Denúncia: Professores Ensinam Crianças A Praticar Aborto & Suicídio

Denúncia: Professores Ensinam Crianças A Praticar Aborto & Suicídio


Atualização & Correção:
Diferentemente do que havíamos publicado inicialmente, o Sr. Sidney Marcelino do Santos não é o diretor da escola onde ocorreu esse crime. As informações sobre o corpo diretivo da escola constam do website da Secretaria de Educação do Estado Paraná, que pode ser acessado nesse link aqui
O Senador Magno Malta tomou conhecimento do ocorrido e publicou um vídeo, que poder ser visto ao final desse artigo, manifestando-se a respeito e informando que, além de ter comunicado o fato à promotora de plantão do Estado, irá convocar os responsáveis por esse crime a comparecer à CPI dos Maus Tratos Infantis, por ele presidida.


Na sexta-feira surgiu uma denúncia nas redes sociais de que professores esquerdistas de uma escola pública na cidade de Cambé-PR, próxima ao município de Londrina, orientaram seus alunos a elaborar trabalhos escolares com o objetivo de praticar suicídio e aborto. Os trabalhos consistiam na elaboração de objetos e maquetes usando brinquedos, onde bonecas aparecem enforcadas e simulando prática de aborto.

Ainda segundo a denúncia, um dos trabalhos consistia em rasgar páginas da Bíblia, e colar em outra páginas recortes de notícias de jornal sobre supostas práticas de pedofilia por parte de padres. Na página onde foi feita a denúncia, cujo vídeo pode ser visto abaixo, foi postada a informação sobre a escola, incluindo sua localidade e o nome do diretor, como pode ser visto na imagem abaixo.

Até o momento da elaboração desse artigo não tínhamos informação de alguma reação do Ministério Público ante a esse crime cometido por delinquentes ideológicos travestidos de professores. Os moradores de Cambé têm o dever de exigir que esse crime seja denunciado e que os responsáveis sejam punidos na forma da lei. O diretor da escola  , precisa responder na justiça por esse crime ocorrido na instituição que ele dirige e pela qual, portanto, é responsável. O Crítica Nacional irá acompanhar o desdobramento desse caso ao longo da semana. #CriticaNacional #TrueNews 


É MUITA OFENSA!Vamos espalhar este vídeo, pois a provocação da esquerda está a todo vapor dentro das escolas.#EscolaSemPartido #ForaPauloFreire #ForaJudithButler

Publicado por Claudio Tonelli em Sábado, 28 de outubro de 2017


Segue-se o vídeo do senador Magno Malta falando sobre o ocorrido:

Vejam a proporção que tomou o caso da "Arte" em colégio de Cambé. Senador Magno Malta, Presidente da Comissão de Pedofilia do Senado, já acionou o Ministério Público em Cambé e vai convocar os envolvidos a Prestar Esclarecimentos no Senado!

Publicado por Portal Cambé em Sexta-feira, 27 de outubro de 2017

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário