Pesquisas Independentes Mostram: Jair Bolsonaro Assume Liderança Na Disputa Presidencial

Apesar de toda campanha de difamação e apesar dos ataques promovidos pelos principais veículos da grande imprensa, institutos de pesquisa independentes mostram que o nome de Jair Bolsonaro começa a consolidar-se na preferência do eleitorado. Segundo pesquisa do DataPoder360, realizada por telefone entre os dias 16 e 18 de novembro com 2.171 eleitores em 143 cidades do país, Jair Bolsonaro está empatado tecnicamente com Lula por 25% a 26%.

A mesma pesquisa traz um cenário no qual, na preferência espontânea do entrevistado, Bolsonaro aparece na frente com 22% da preferências, enquanto que o segundo lugar é ocupado por Marina Silva e Ciro Gomes com 12% cada. Por sua vez, pesquisa divulgada na última sexta-feira pelo Instituto Vertude coloca Jair Bolsonaro em primeiro lugar com 34.5% em todo território nacional, seguido por Lula em segundo com 27.0%. O Vertude informa que a pesquisa foi realizada por telefone com 6.370 eleitores em todo o país.

O que chama a atenção nas duas pesquisas é a persistência da intenção de voto em Lula, um dos políticos mais rejeitados e mais desprezados pela maioria dos brasileiros. Em nosso entender, essa persistência deve ser interpretada como um recall, ou memória coletiva do nome de Lula como concorrente à presidência. No entanto, na hipótese de Lula tornar-se candidato entendemos que esse recall não será suficiente para fazer frente ao embate político real do ano que vem, pois será um embate que se dará em um ambiente distinto daquele que originou esse mesmo recall.

A disputa no ano que vem ocorrerá em um ambiente em que o petismo encontra-se desgastado e em franca decadência. Será um ambiente em que Lula já não mais terá seu poder de encantamento das massas e aquela verve retórica que durante anos enganou milhões de brasileiros, especialmente os mais pobres. E, principalmente, será um ambiente em que a voz da direita conservadora estará presenta na disputa, como favorita, desconstruindo todas as mentiras e falácias retóricas comunistas que Lula e o petismo utilizaram ao longo desse anos para enganar a população e alcançar o poder. Portanto, a história não irá repetir-se, exceto por uma farsa, traduzida numa fraude eleitoral.

Com informações de Conexão Política. #CriticaNacional #TrueNews

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A fraude eleitoral é a maior assombração em 2018, visto que o TSE decidiu não implantar o voto impresso.

COMENTÁRIO: