Dinamarca: Escola Cancela Festa Natalina Para Não Ofender Muçulmanos

O continente europeu governada pelos globalistas e seus aliados comunistas continua colocando-se de joelhos perante os invasores muçulmanos. Uma escola de educação infantil da localidade de Graested na cidade dinamarquesa de Gribskov, que é a cidade natal do Primeiro Ministro da Dinamarca Lars Lokke Rasmussen, tomou a decisão de cancelar as festividades de natal com seus alunos, sob o argumento de respeito aos alunos muçulmanos que também estudam na mesma escola.

Essa mesma escola no ano passado organizou uma evento chamado Semana na Síria, no qual os alunos foram obrigados a ouvir palestras de imigrantes muçulmanos e aprender sobre a cultura islâmica. Um grupo de pais de alunos rebelou-se contra a decisão da escola mas sem sucesso, uma vez que a decisão da direção da escola possui amparo legal.

Episódios como esse têm ocorrido em diversas cidades da Europa e dos Estados Unidos, e inserem-se no esforço que globalistas e seus aliados comunistas têm feito no sentido de submeter a civilização ocidental ao islã, usando pretextos de diversidade e multiculturalismo.

Colaboração de Angelica Ca e com informações de The Express. #CriticaNacional #TrueNews

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE