O Islamismo É Um Sistema Político Totalitário Mascarado Sob Doutrina Religiosa

O islã não é uma religião, e é preciso ter isso claro de uma vez por todas. O islã não é uma religião e, portanto, não encontra-se protegido pela Constituição americana (no que diz respeito à garantia da liberdade religiosa e liberdade de expressão). O islã é um sistema político totalitário militarista e sedicioso, cujos aspectos religiosos constituem-se uma fraude. Uma fraude criada por Maomé e seus seguidores posteriores.

Trata-se de um sistema político mascarado sob a forma de religião. Nós temos a obrigação de dizer isso, pois se não o fizermos o islã irá nos derrotar usando nossa própria Constituição. E eles, os muçulmanos, sabem disso. Tanto sabem, que usam das garantias de liberdade religiosa e de expressão asseguradas pela nossa Constituição com o objetivo de nos destruir valendo-se de nosso próprio sistema legal.

Portanto, trata-se de um sistema político totalitário camuflado sob a forma de religião. Não é uma religião, mas um embuste! O islã não está associado à (tradição) judaica-cristã, nem representa (como pretendem) seu estágio final. O islã representa a redução da tradição judaico-cristã à barbárie e a sua aniquilação.

Transcrição livre do vídeo abaixo, que mostra uma aula ou palestra dada em uma instituição dos Estados Unidos. Infelizmente não conseguimos identificar a pessoa que aparece no vídeo, mas obviamente endossamos suas afirmações. #CriticaNacional #TrueNews



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE