O Que Faz Um Ativista Globalista Estrangeiro no Julgamento no TRF4?

A pergunta que vem sendo feita essa manhã é sobre o porquê da presença de um estrangeiro em suposta missão oficial no julgamento no TRF-4. Geoffrey Robertson é um advogado britânico-australiano, supostamente ativista de direitos humanos e, como informamos na entrevista publicada ontem com a Dra. Regina Carquejo, estaria aqui no Brasil representando a Comissão de Direitos Humanos da ONU.

Resta saber quem autorizou sua presença e com que propósito e finalidade, bem como qual a legalidade de sua presença no julgamento, uma vez que não há nada que justifique a representação formal de uma entidade estrangeira em um processo comum da justiça brasileira. O próprio TRF4 bem como o Itamaraty têm a obrigação de esclarecer esse fatos que ao nosso ver constituem-se em uma ingerência externa indevida em assuntos internos brasileiros. #CriticaNacional #TrueNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE