Diego Maradona Proibido de Entrar nos EUA: A Importância do Controle de Imigração

O delinquente moral que já teve seu nome associado ao uso de drogas, e apoiador do regime de ditadura comunista venezuelano, Diego Maradona, teve negado seu visto para entrada nos Estados Unidos. O ex-jogador de futebol argentino recentemente insultou Donald Trump durante uma entrevista à Telesur, rede de televisão controlada pela ditadura narco-comunista e genocida da Venezuela.

Não está claro se a recusa do visto deveu-se a essa entrevista ou a algum outro motivo. Seja como for, o episódio serve para ilustrar a importância do controle de fronteiras e de imigração. Não fosse esse controle, um lixo humano comunista como Diego Maradona poderia impunemente entrar naquele país.

No Brasil, com a vigência da atual Lei de Imigração de inspiração comunista-globalista, um delinquente como Maradona poderia ingressar no país, declarar-se apátrida ou perseguido político sem precisar dar prova alguma disso, e aqui permanecer pelo tempo que desejar e tendo assegurado o acesso a todos os benefícios e direitos sociais que deveriam ser exclusivos de cidadãos brasileiros. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE