A Prática Execrável de Compra & Venda de Apoio Político

É evidente que toda campanha eleitoral demanda custos. Esses custos dizem repeito às necessidades operacionais da campanha e envolvem infraestrutura, logística, profissionais de comunicação, assessoria jurídica, segurança e outros. Portanto, é perfeitamente legítimo e correto que partidos e candidatos procurem meios de financiar esses custos na forma da lei.

O que não é legítimo nem aceitável é a compra e venda de apoio político. Candidato ou pré-candidato que compra apoio político merece o mesmo desprezo com que devem ser tratados grupos políticos que vendem seu apoio, disfarçado de adesão às propostas políticas de tal candidato.

É preciso ter em mente que quem aceita a prática de compra e venda de apoio político, se chegar ao poder, estará propenso e disposto a comprar e vender o que for preciso para manter-se no poder. E o petismo fez exatamente isso ao longo de treze anos. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

Comente com seu perfil do facebook: