Comando do Exército Pressiona Por Segurança Jurídica

Em linha com o que vem sendo afirmado por nos últimos dias pelo General Augusto Heleno e pelo deputado Jair Bolsonaro, o Comando do Exército está fazendo gestões junto à Presidência da República para que sejam dadas garantias legais por escrito para os poderes que estarão à disposição do interventor na área de segurança pública no Rio de Janeiro. A informação foi dada pelo blog O Antagonista, em uma nota que pode ser vista nesse link aqui. 

A demanda do Comando do Exército enfatiza, portanto, a discussão que realmente importa sobre a questão da intervenção federal no Estado e a participação das Forças Armadas em ações de combate ao crime: ninguém em sã consciência, exceto os esquerdistas que são os responsáveis principais pelo crescimento da criminalidade no estado, está contra uma operação que possa ao menos mitigar e trazer alívio para a população carioca no que diz respeito segurança pública.

O que está em questão é a necessidade de segurança jurídica para que essas ações possam ser levadas a cabo de modo eficaz, pois as Forças Armadas Brasileiras possuem capacidade e competência reconhecidas internacionalmente para esse tipo de missão. O que é inaceitável é que no desempenho de suas funções de combate ao crime o militar fique sujeito a sanções penais idênticas àquelas que são aplicadas aos policiais militares e civis, devido à existência de uma legislação de inspiração esquerdista criada para proteger criminosos e criminalizar as ações das forças da lei e da ordem. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE