Sargento do Exército É Morto Durante Assalto no Rio de Janeiro

O Sargento do Exército Brasileiro Bruno Albuquerque Cazuca foi morto durante assalto nessa madrugada na zona oeste da capital carioca. A informação foi publicada há poucos instantes pelo O Antagonista. O fato torna agora mais do que imperativo que as Forças Armadas tenham o amplo respaldo e a segurança jurídica necessárias para a eficácia de sua ação no combate ao crime. Criminosos estão há tempos matando civis e policiais no Rio de Janeiro. Agora, mataram um militar.

A sociedade não pode de modo algum aceitar que a classe política e o poder judiciário corrupto e aparelhado pela esquerda tentem impedir que as Forças Armadas, a única instituição que desfruta de legitimidade e reconhecimento ante todos os brasileiros, possam realizar a tarefa para a qual elas são e estão preparadas.

Não existe argumento jurídico honesto que justifique a imposição de restrições à ação das Forças Armadas em sua missão de proteger a soberania nacional e territorial do país, bem como proteger a vida e a integridade dos brasileiros de bem. Essa missão é o sentido último da existência da instituição militar, e estamos convencidos de que ela não irá abrir mão de seu papel. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE