por paulo eneas
O General Hamilton Mourão despediu-se ontem da ativa do Exército Brasileiro e passou para a reserva. Na cerimônia de saída, ele fez homenagem ao Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, a quem chamou de herói, e fez menção elogiosa ao movimento cívico-militar de março de 1964. Ao final da cerimônia, ele passou formalmente para seu sucessor o cargo de titular da Secretaria de Economia e Finanças do Exército Brasileiro.

Hamilton Mourão nunca recebeu qualquer punição, nem mesmo administrativa, por conta de suas declarações de cunho político feitas ao ano passado. Naquele momento, toda a grande imprensa divulgou a mentira de que ele seria punido, e alguns websites e canais de vídeo no youtube divulgadores de fake news chegaram até mesmo a anunciar que o presidente da república havia determinado sua expulsão do Exército e até mesmo sua prisão. Óbvio que nada disso aconteceu.

Ainda no mês de dezembro havia sido anunciado formalmente sua transferência para a função de adido da Secretaria Geral do Exército. Em artigo que publicamos no Crítica Nacional ainda em dezembro intitulado General Hamilton Mourão: Os Fatos & As Versões, apresentamos uma descrição a mais realista e fiel possível da situação, indicando claramente que não havia punição alguma, uma vez que não houve descumprimento do regulamento ou da disciplina militar.

O que ficou evidenciado ontem é que não apenas não houve punição como também o General Mourão jamais foi transferido do cargo que ocupava na Secretaria de Economia e Finanças da corporação. Ao contrário, ele permaneceu prestigiado, foi aplaudido de pé na cerimônia de sua passagem para a reserva e deixou claro que irá doravante dedicar-se a apoiar a campanha de Jair Bolsonaro.

Sugerimos enfaticamente ao leitor que leia o artigo Existe A Direita Brasileira que publicamos hoje pela manhã para ter uma compreensão mais ampla do pano de fundo desse quadro político no qual o General Mourão é uma das peças centrais. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário