O Tucano Fernando Henrique Cardoso Sempre Esteve Próximo de Lula

Em entrevista para o irmão de seu amigo e camarada Luciano Huck, o tucano Fernando Henrique Cardoso afirmou que se pudesse reviver a história, tentaria aproximar-se de Lula e outras forças progressistas, isto é, forças políticas socialistas e comunistas, para governar o país. Fernando Henrique Cardoso deve estar com problemas de memória ou então está exercendo o cinismo que sempre lhe foi característico, pois ele e seu partido sempre estiveram próximos de Lula e de toda a escória petista e demais forças partidárias da esquerda nacional.

Não fosse pelo empenho e esforço de Fernando Henrique em favor de seu comunista de estimação, Lula e o PT teriam tido muito mais dificuldades em chegar à presidência da república em 2002. Não fosse a interferência de FHC, a ditadura chavista na Venezuela, engendrada pelo Foro de São Paulo chefiado por Lula e Fidel Castro, jamais teria sido consolidada.

Não fosse o empenho pessoal de FHC em proteger Lula, o líder petista hoje condenado pela justiça teria sofrido impeachment em 2005 por conta do Mensalão. E se dependesse de FHC, o impeachment da ex-presidente petista jamais teria ocorrida e ela estaria até hoje no poder afundando o país em direção ao socialismo. O mesmo socialismo que petistas, tucanos, psolistas e toda a canalha da esquerda nacional e internacional tanto almejam.

O cinismo afetado e a falsidade expressa em gestos e falas elegantes de Fernando Henrique Cardoso mostram o quanto os tucanos foram e são responsáveis pela guarida e suporte que deram aos petistas para que esses promovessem a destruição do país.

Uma destruição para a qual os tucanos prepararam o caminho para os petistas, fornecendo-lhes os meios institucionais necessários, sempre em nome dos ideais progressistas compartilhados por Fernando Henrique Cardoso, Lula, Dilma, João Doria, Geraldo Alckmin, Hugo Chávez, Fidel Castro e outros ditadores comunistas. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

Comente com seu perfil do facebook: