O Criminoso Petista Debocha da Polícia Federal Para Criar Narrativas Vitimistas

O desenrolar do roteiro e do script segue como havíamos antecipado. O criminoso petista não se entregou à polícia e, passadas quase três horas do prazo que lhe foi dado para entregar-se, ele e a caterva de criminosos e comunistas que o cerca procuram criar meios de forçar uma situação de confronto com as forças da lei, com objetivo de criar uma narrativa posterior de viés vitimista. 

O criminoso continua desafiando a justiça, a lei e a ordem, fazendo exigências inaceitáveis e totalmente descabidas e ilegais para um condenado que tem mandado de prisão expedido contra ele, e que encontra-se nesse momento em situação técnica de evadido da justiça. É pouco provável que o condenado petista irá oferecer, ele mesmo, resistência à sua prisão, pois é covarde demais para isso.

Mas ele é igualmente covarde o bastante para ordenar aos seus cachorros alimentados com sanduíche de mortadela para que criem uma situação de confronto com a Polícia Militar que dirige-se ao local para dar suporte aos agentes da Polícia Federal que têm a incumbência de executar o mandado de prisão.

Mesmo em seus últimos momentos e liberdade, o criminoso petista continua sendo a figura mais perniciosa da vida pública nacional. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

Comente com seu perfil do facebook: