Cenário Político Nacional: Quem Está Ganhando & Quem Está Perdendo

Em vista dos últimos eventos, podemos afirmar que em linhas gerais o quadro político de momento é o seguinte:

a) A esquerda revolucionária está sendo derrotada, e a prisão do criminoso artífice do Foro de São Paulo constitui-se nesse momento na expressão mais contundente dessa derrota.

b) A esquerda fabiana, em especial os tucanos, assiste a essa derrota dos comunistas revolucionários com um pesar não disfarçado, sabendo que eles, os fabianos, podem ser os próximos a irem ao cadafalso por conta da Lava-Jato.

c) A promessa da esquerda revolucionária de incendiar o país no caso da prisão de seu chefe criminoso nunca passou de um blefe, como já estamos afirmando aqui no Crítica Nacional há mais de dois anos. No dia seguinte à prisão do condenado petista, a vida prosseguiu normalmente, e a maioria dos brasileiros estava mais preocupada com as finais dos campeonatos estaduais de futebol.

d) As tentativas dos comunistas de causar distúrbios têm sido prontamente sustadas pela ação eficiente das Polícias Militares, como ficou evidenciado na noite de sábado na sede da Polícia Federal em Curitiba quando da chegada do criminoso petista.

e) Tudo indica que os revolucionários nesse momento não possuem estratégia definida de ação. E se a estratégia for a promoção do caos e da desordem, faltam-lhes os meios de ação para isso, pois parece não estarem conseguindo mobilizar seus mortadelas e seus aliados no mundo do crime organizado em quantidade suficiente para colocar em risco a ordem pública.

É evidente que esse quadro é instável e no decorrer dessa semana pode haver mudanças. O maior risco que os brasileiros enfrentam nesse momento é o de a suprema corte bolivariana reverter a jurisprudência sobre a prisão após condenação em segunda instância. Falaremos desse tema em artigo em separado, trazendo detalhes, ainda nessa segunda-feira pela manhã.

Em nosso entender, cabe nesse momento à direita, e aos conservadores em particular, procurar ter um retrato o mais fiel possível da situação, sem deixar levar-se pelos impressionismos derrotistas do momento.

Nesse sentido, rechaçamos as análises e comentários que procuram a todo custo subestimar nossas conquistas, e que tentam induzir o público a enxergar no inimigo comunista uma força e uma suposta estratégia oculta e bem sucedida que ele flagrantemente não tem, ou não foi capaz de exibir nesse momento. Inclusive no momento da prisão de seu chefe criminoso. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

Comente com seu perfil do facebook: