Greve de Caminhoneiros & Voto Impresso

Um dos itens da pauta de reivindicações da greve dos caminhoneiros é o voto impresso, a principal aspiração hoje dos brasileiros que querem escolher de maneira limpa e transparente seus próximos governantes nas eleições desse ano. No entanto, se o voto impresso de fato está na pauta dos grevistas, deveria então estar havendo negociações entre os sindicalistas que lideram o movimento grevista e os ministros do TSE. Até o momento, não tivemos conhecimento dessas supostas negociações.

No nosso entender, a inclusão do item do voto impresso na pauta serviu apenas para o movimento angariar simpatia junto a setores da direita. Como aliás ocorre em todos os movimentos grevistas: incluem-se alguns itens de pauta por conveniência política, sabendo-se de antemão que eles não serão objeto de fato de nenhuma negociação.

E mesmo que o voto impresso fosse uma demanda real do movimento grevista, ainda assim não seria justificável promover crise de abastecimento de água, alimentos e combustíveis, e promover paralisação da economia do país por conta disso. Os interesses reais que estão motivando esse movimento não têm nada a ver com voto impresso, e seguramente não dizem respeito apenas ao problema real e concreto dos preços dos combustíveis. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews