A expectativa de uma parcela dos agentes políticos envolvidos na greve dos caminhoneiros é a de que ela venha a se fortalecer e parar a economia do país, e com isso criar uma situação que leve a uma intervenção militar que derrube o atual governo e estabeleça um governo militar transitório.

No podcast abaixo nós expomos por que tal estratégia comporta um risco que pode resultar em prejuízo social e econômico para a população em geral, e em prejuízo político para a própria direita, justamente no momento em que a direita tem, pela primeira vez em décadas, a perspectiva real de chegar ao poder com legitimidade por meio das urnas. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews. 



 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE