A CPI Contra A Lava-Jato Morre No Nascedouro

Na semana passada foi anunciada a tentativa de formação de uma CPI que teria como objetivo obstaculizar a ação da Lava-Jato, sob pretexto de identificar supostos abusos no uso do instrumento da delação premiada. Na nota denominada O Antagonista Anuncia Golpe Na Lava Jato: Pela Milésima Vez, publicada no dia 12 de Junho, nós dissemos: 

Por essa razão, julgamos pouco provável que venha a prosperar uma ação legislativa em pleno momento eleitoral que tenha por objetivo mirar a operação.

E foi exatamente assim que aconteceu e está acontecendo. A tentativa de formação dessa CPI esbarrou em acusações de desvio de foco e de adulteração do texto de sua exposição de motivos por parte do proponente, o deputado petista Paulo Pimenta, e dezenas de parlamentares retiraram a assinatura e, embora o pedido já tenha sido protocolado na mesa diretora da Câmara dos Deputados.

Mantemos aqui o mesmo entendimento que apresentamos semana passada: essa ação contra a Lava-Jato não irá prosperar, mesmo que a comissão seja formalmente instalada, pois a operação é blindada e conta com respaldo amplo da população informada e das Forças Armadas.

Além disso, no segundo semestre haverá eleições e nenhum parlamentar irá cometer o suicídio político-eleitoral de ver seu nome associada a uma iniciativa que seja hostil à mais bem-sucedida operação de combate à corrupção já realizada no país. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE