Ato Falho de Rogério Favreto Denuncia Armação Antecipada

Errata:
O artigo abaixo contém erros, que somente identificamos após a publicação. Vamos manter o artigo no site por questão de transparência, e recomendamos ao leitor a leitura desse outro artigo aqui, onde esses erros encontram-se corrigidos.

Em entrevista à Rádio Guaíba, o desembargador petista Rogério Favreto afirmou que passou duas noites estudando o caso do habeas corpus pedindo a soltura de Lula. Esse ato falho denota alguma armação, pois o habeas corpus foi impetrado na noite de sábado após as 19h00, justamente a partir do momento em que ele, Rogério Favreto, assumia o plantão judicial do TRF-4. Cumpre perguntar como o juiz tinha conhecimento anterior desse habeas corpus. Cabe agora à presidência do TRF-4 e ao colegiado do tribunal investigar essa declaração. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

Comente com seu perfil do facebook: