Erramos: Sobre O Suposto Ato Falho de Rogério Favreto

Na nota denominada Ato Falho De Rogério Favreto Denuncia Armação Antecipada, que publicamos no decorrer do acompanhamento da tentativa frustrada de soltar Lula, cometemos um engano: a nota diz que havia uma inconsistência entre o início do plantão de Rogério Favreto no TRF-4 e o fato de ele ter gasto, segundo suas palavras em entrevista a uma emissora de rádio, duas noites na análise do pedido de habeas corpus.

Ao contrário do que dissemos na nota, não há inconsistência: o plantão de Favreto teve início às 19h00 da sexta-feira, e não no sábado como havíamos suposto inicialmente, e o pedido de habeas corpus foi recebido às 19h32min do mesmo dia. Portanto, o desembargador poderia sim ter gasto duas noites analisando o pedido e emitir sua decisão estapafúrdia e ilegal nesse domingo, como de fato ele o fez.

De resto, a suspeita de armação prossegue, com a argumentação descabida do desembargador para conceder ilegalmente o habeas corpus, bem como com o fato de os petistas já terem preparado todo um esquema de festa para a suposta soltura do chefe criminoso petista.

Além disso, José Dirceu gravou vídeo celebrando a soltura de Lula nesse domingo, como se estivesse com a convicção de que isso iria correr, como pode ser visto no vídeo abaixo. Esses fatos são ao nosso ver suficientes para fundamentar uma suspeita de armação antecipada envolvendo essa fracassada tentativa de soltura do chefe criminoso petista. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


Comente com seu perfil do facebook: