por paulo eneas
Faltando menos de dez dias para o prazo legal de registro oficial das candidaturas à presidência da república e vice, o nome de Luiz Philippe De Orleans e Bragança como provável candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro começa a ganhar força e peso entre os filiados do PSL. A sugestão do nome de Luiz Philippe tem repercutido na grande imprensa brasileira, e também ganhou vulto em parte da imprensa internacional.

A versão online da publicação Americas Quartely publicou na quinta-feira um longo artigo a respeito de Luiz Philippe. O artigo, cuja versão original em inglês pode ser vista nesse link aqui, resultou de uma entrevista realizada em setembro do ano passado. A despeito de uma ou outra imprecisão do jornalista, a matéria no geral faz uma abordagem bastante positiva e honesta a respeito do possível candidato a vice-presidente de Jair Bolsonaro.

Luiz Philippe de Orleans e Bragança filiou-se ao PSL no início desse ano, a partir de uma carta-convite elaborada pela direção do partido. Nessa carta, o partido reafirmou seu compromisso com pauta da defesa da soberania nacional, da família e dos valores cristãos, bem como o propósito de restabelecimento do direito de propriedade em sua forma plena, além do compromisso com a defesa inequívoca da vida.

A carta-convite da direção partidária também reafirmou os princípios gerais de defesa da livre iniciativa no campo econômico e da descentralização política do poder estatal. No vídeo abaixo, gravado durante evento na sede do Comando Militar do Sudeste, Luiz Philippe de Orleans e Jair Bolsonaro falam do convite e da aceitação para a filiação partidária.


Por sua vez, em seu programa de ontem no JHN Channel, a jornalista Joice Hasselmann comentou o quadro sucessório, e chamou a atenção do contraste entre o candidato do Esquerdão, o tucano Geral Alckmin, de quem ninguém quer ser vice, e o candidato da direita, Jair Bolsonaro, que tem à sua disposição nomes de pessoas altamente capacitadas, honestas e patriotas, como Luiz Philippe.

A íntegra do programa do JHN Channel pode ser vista nesse link aqui, e o trecho em que Joice Hasselmann comenta sobre Luiz Philippe pode ser visto no vídeo abaixo.


A possível indicação de Luiz Philippe de Orleans para vice de Jair Bolsonaro também repercutiu positivamente no meio acadêmico conservador. O jovem e talentoso historiador Rafael Nogueira comentou em seu perfil na rede social que a possível escolha de Luiz Philippe para ser candidato a vice-presidente de Jair Bolsonaro teria um valor simbólico inestimável.

Segundo o historiador, seria a união dos representantes e membros das duas mais respeitadas e sólidas e prestigiadas instituições nacionais: as Forças Armadas e a Casa Real Brasileira. A publicação do professor Rafael Nogueira pode ser vista nesse link aqui, e um comentário adicional relevante, que faz alguns esclarecimento de natureza histórica, pode ser visto nesse outro link aqui.

O Crítica Nacional prosseguirá acompanhando as discussões internas no PSL para a escolha do candidato a vice-presidente de Jair Bolsonaro. Reconhecemos o mérito e o valor inestimável do nome de Luiz Philippe, e mantemos nosso compromisso de apoio a Jair Bolsonaro para a Presidência da República, seja qual for a decisão que for tomada em relação ao vice. 

Colaboração de Débora Portugal e Zanza Mincache. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

Comente com seu perfil do facebook: