por paulo eneas
Em visita ao Acre nesse fim de semana, Jair Bolsonaro durante um comício usou de uma metáfora para referir-se ao petistas: empunhando um tripé de filmagem, falou em fuzilar a petralhada, aludindo à intenção de impor uma derrota eleitoral aos petistas que governam o Estado há anos. A metáfora foi suficiente para os petistas e seus aliados adotarem o vitimismo que lhes é próprio. 
Mas enquanto Jair Bolsonaro usa de uma metáfora para referir-se aos inimigos da Nação, figuras públicas da esquerda há anos falam abertamente em perseguir a direita e os conservadores, adotando um discurso de chantagem e intimidação.

Há cerca de três anos, o professor da UFRJ e militante comunista Mauro Iasi falou explicitamente em assassinar conservadores, a quem destinaria um bom paredão, uma boa espingarda, uma boa bala, uma boa pá e uma boa cova. A história mostra que para um comunista falar em assassinar opositores nunca é uma metáfora. Ciro Gomes em mais de uma oportunidade falou em receber Sérgio Moro a bala, e incitou desobediência a decisão judicial quando afirmou que sequestraria o chefe criminoso petista para uma embaixada para evitar sua prisão.

Recentemente Benedita da Silva foi aplaudida pela escória petista ao prometer um banho de sangue de brasileiros inocentes caso o chefe criminoso petista fosse preso. Ele foi preso e assim continuará, e o único banho que houve foi de lágrimas dos petistas. Mas isso elidiu o fato de mais uma vez uma figura pública da esquerda nacional ter ameaçado a Nação com violência e desordem. E por fim, cumpre lembrar que os petistas prometeram instalar uma guerra civil e incendiar o País diante da possibilidade de prisão de seu chefe criminoso.

Para os petistas e todos os demais comunistas nenhuma dessas falas é metafórica, pois faz parte dos métodos da esquerda usar da violência, chantagem, assassinato, perseguição e tortura de seus oponentes para levar adiante seu projeto de poder. Regimes de ditadura comunista defendidos pelos petistas empregam esses métodos diariamente. Mas o duplo padrão moral, ou mesmo a ausência de qualquer moralidade, da parte de um comunista o faz ignorar isso e vitimizar-se diante de uma metáfora.

Os petistas continuarão vitimizando-se por conta da metáfora. Mas a imensa maioria dos brasileiros já percebeu e compreendeu o cinismo da conduta petista, e não mais irá deixar-se enganar por esse discurso vitimista e muito menos pelas mentiras e demagogia populistas que marcaram os treze anos de governo petista que levaram à ruína da Nação. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário