João Amoedo: Os Interesses do Partido Acima dos Interesses da Nação

Se João Amoedo, chefe do Partido Novo, estivesse preocupado com os interesses da Nação e não com seu projeto político pessoal alinhado com a ONU e com pautas da agenda globalista, ele não estaria declaradamente tentando disputar o eleitorado de Jair Bolsonaro e silenciando-se a maior parte do tempo em relação ao seu partido co-irmão, o PSDB, e seu candidato presidencial amigo do PCC e do MST e suspeito de irregularidade na merenda escolar da rede de educação pública paulista.

O que a estratégia do Novo/João Amoedo tem feito é auxiliar a esquerda socialdemocrata, ao ignorar e poupar os tucanos, e mirar no candidato da direita ao mesmo tempo em que deixa claro de antemão que num hipotético segundo turno jamais se alinharia com essa mesma direita. Agindo assim, o Novo constitui-se no autêntico Cavalo de Troia da esquerda fabiana, cuja missão é abrir os portões para o segundo turno e, nessa fase da disputa eleitoral, colaborar para tentar impor uma derrota ao único candidato da direita conservadora e liberal. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário