Em áudio distribuído nessa sexta-feira pelo WhatsApp, o General Augusto Heleno comenta o atentado criminoso ocorrido ontem à tarde em Juiz de Fora-MG contra Jair Bolsonaro. O general diz que o atentado é consequência direta da campanha de difamação que a grande imprensa desencadeou contra o candidato, associando levianamente de maneira mentirosa o nome de Bolsonaro à figura de alguém despreparado, violento e amante de ditadura. 

O general enfatiza o vale-tudo criado para tentar destruir Jair Bolsonaro, e que envolve calúnias, distorções, notícias fabricadas e pesquisas manipuladas, e lembra também que o criminoso que cometeu o atentado não é um desequilibrado mental: trata-se, outrossim, de alguém fiel à ideologia marxista e que, a despeito de sua alegada condição de um modesto auxiliar de garçom, teve imediatamente à sua disposição uma equipe de advogados prontos para defendê-lo após ele ter cometido seu ato criminoso.

O General Augusto Heleno assinala que a nossa ainda frágil democracia convive com uma esquerda que não admite a alternância de poder, e conclama os eleitores e apoiadores de Jair Bolsonaro para que não esmoreçam nem desistam do sonho de eleger o capitão para a Presidência da República. Ele pede também aos eleitores e apoiadores para não se deixarem levar pelo desânimo ou emoção, mantendo a calma e o equilíbrio para criar as condições para que o futuro presidente Jair Bolsonaro possa dar início à construção de um novo Brasil.

E finaliza dizendo que Jair Bolsonaro é a nossa esperança, e que existe a certeza de que ele vencerá. O general conclui seu áudio com o lema da campanha de Jair Bolsonaro: Brasil acima de tudo, Deus acima de todos. A íntegra da versão em vídeo do referido áudio pode ser vista abaixo. #CriticaNacional #RealNews #TrueNews



Comente com seu perfil do facebook: