por paulo eneas
A escória do jornalismo nacional que se concentra em grande parte nos veículos das Organização Globo, em particular na Globo News, chamou de “polêmica” a imagem divulgada hoje de Jair Bolsonaro fazendo seu tradicional gesto com as mãos simulando uma arma.

Desde quando começou a exercer a hegemonia da linguagem nos meios de comunicação, a esquerda passou a usar palavras-gatilho ou rótulos como polêmico ou radical ou ainda extremista para desqualificar fatos e pessoas que não estejam alinhadas com a mentalidade esquerdista do politicamente correto. Afinal, o que existe de “polêmico” no gesto simbólico de um homem numa cama de hospital?

Porque essa mesma escória do jornalismo global não chama de “polêmicas” as declarações de líderes do MST dizendo que irão incendiar o País? E onde esteve a qualificação de polêmica para a fala da petista Benedita da Silva dizendo que é preciso derramar sangue, ou de Gleisi Hoffmann, dizendo que vai morrer gente?

Exemplos como esses, e muitos outros, de clara e inequívoca incitação ao crime e à violência por parte de figuras públicas da esquerda jamais merecem a consideração crítica por parte da grande imprensa brasileira. Um imprensa formada por comunistas e ex-guerrilheiros, o que explica em grande parte a situação em que o país se encontra: pois a nossa crise não é econômica ou de gestão do estado, mas sim uma crise de inversão de valores patrocinada pela esquerda e que nos trouxe à beira da barbárie.

Os brasileiros de bem precisam por um fim a esse processo de degradação moral expressa por essa inversão de valores ancorada no cinismo do politicamente correto. Os brasileiros de bem precisam rechaçar e boicotar essa grande imprensa, pois resta patente que ela não tem nem nunca teve compromisso algum com a verdade, mas tão somente com a agenda ideológica comunista-socialista que ela abraça.

Por essa razão endossamos fala do General Augusto Heleno, reproduzida no link abaixo, onde diz claramente que a grande imprensa, por meio da construção de narrativas mentirosas em relação a Jair Bolsonaro, é em grande parte também responsável pelo crime político e pelo atentado terrorista à democracia ocorrido essa semana, e que quase custou a vida de Jair Bolsonaro. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


General Augusto Heleno Comenta O Atentado Contra Jair Bolsonaro


Comente com seu perfil do facebook: