por paulo eneas
O jornalista Cláudio Dantas, do blog O Antagonista, revelou agora à tarde a tentativa que houve de se forjar um álibi para Adélio Bispo dos Oliveira, o criminoso que tentou matar Jair Bolsonaro à facadas em um atentado terrorista em Juiz de Fora-MG no dia 06/09/2018. O álibi consistiu na criação forjada e fraudulenta de um registro fictício de visita de Adélio à Câmara dos Deputados no mesmo dia do atentado na cidade mineira.

O objetivo do álibi forjado é claro e óbvio: se o criminoso tivesse sido bem sucedido em sua tentativa de matar Jair Bolsonaro e se tivesse conseguido escapar, ele teria como negar qualquer participação no crime afirmando que no dia do atentado ele estava em Brasília em visita a um parlamentar, como supostamente mostrariam os registros de visita na Câmara dos Deputados. Seria portanto o crime quase perfeito.

A descoberta investigativa de Cláudio Dantas joga por terra a tese absurda e estapafúrdia de que o criminoso teria agido sozinho, que seria um lobo solitário e um desequilibrado mental que agiu por impulso e insanidade, conforme já havíamos afirmado aqui no Crítica Nacional logo após o atentado. Também como havíamos afirmado antes, fica cada vez mais evidenciado que o crime foi planejado e teve clara motivação política, e contou com a participação de outras pessoas.

No vídeo abaixo, Claudio Dantas expõe os detalhes de suas investigações. Mais tarde, traremos um artigo analisando os possíveis desdobramentos. Mas um dado já podemos antecipar: caso as investigações cheguem aos mandantes do crime nos próximos dias e se estes mandantes forem quem imaginamos ser, a fatura da eleição será liquidada no próximo dia 07/10 com eleição de Jair Bolsonaro já no primeiro turno. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews



Comente com seu perfil do facebook: