por paulo eneas
A grande imprensa tem noticiado que os ditadores da Venezuela e de Cuba teriam sido convidados para a posse de Jair Bolsonaro na Presidência da República, e que posteriormente teriam sido desconvidados. Segundo informou uma revista semanal, um diplomata do Itamaraty, Paulo Uchôa, teria rompido a hierarquia e, descumprindo determinação do futuro chanceler Ernesto Araújo, teria tentado convencer diretamente o presidente eleito Jair Bolsonaro quanto à suposta conveniência de enviar convites a esses ditadores.

Não conseguimos verificar a procedência destas informações. Na mesma semana em que essa notícia foi veiculada, o presidente eleito publicou mensagem em seus twitter deixando claro que esses ditadores não estarão presentes na cerimônia de posse. E nem poderia ser diferente: um hipotético convite a esses ditadores seria o equivalente a um reconhecimento da legitimidade de seus regimes como representantes do povo venezuelano e do povo cubano, o que estaria na contramão da nova orientação da política externa do próximo governo.

Se houve de fato o convite, e o posterior desconvite, aos ditadores de Cuba e de Venezuela, cabe à equipe encarregada do cerimonial da posse emitir um comunicado oficial confirmando ou desmentindo o noticiário veiculado na grande imprensa. Na hipótese de tal convite ter havido, será preciso então esclarecer quais foram as razões e os argumentos para esta iniciativa. Em nosso entender, não existe argumento político e muito menos alegações de natureza diplomática-protocolar que justifiquem convidar ditadores comunistas para a posse de um governante democraticamente eleito.

Ao contrário, cabe ao Brasil, sob o Governo Bolsonaro, usar de todos os meios diplomáticos e consistentes com a nossa Constituição para fazer valer o peso econômico e geopolítico do País para ajudar os povos venezuelano e cubano a darem um fim aos seus regimes de ditadura e reencontrar o caminho da democracia e da liberdade e da prosperidade. E isso não poderá ser feito convidando, mesmo que depois desconvidando, esses ditadores para a posse do nosso novo presidente. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário