Resultado da Nova Diplomacia Brasileira: Ditador Maduro Impedido de Entrar em Outros Países

Declarado ditador e governante ilegítimo e instado a não assumir seu segundo mandato na próxima sexta-feira pelo Grupo de Lima, o ditador venezuelano Nicolás Maduro e membros do seu regime ficaram agora proibidos de entrar nos países formados pelo grupo, conforme decisão anunciada pelo Peru nesta segunda-feira. A medida foi anunciada pelo ministro do Exterior do Peru, Nestor Popolizio.

Segundo o chanceler peruano, a autoridade de imigração de seu país irá receber uma lista com os nomes de pessoas ligados ao regime de Nicolas Maduro, incluindo membros da família, para que eles não possam entrar no país. O endurecimento dos países latino-americanos em relação à ditadura venezuelana é decorrência direta da nova diplomacia brasileira, chefiada pelo chanceler Ernesto Araújo.

A resolução do Grupo de Lima que definiu o regime venezuelano como ilegítimo e seu governante como um ditador foi apresentada pelo Brasil e aprovada pelos treze países que integram o bloco, à exceção do México, conforme mostramos nessa nota aqui.

Colaboração de Angelica Ca pela editoria internacional. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

Comente com seu perfil do facebook:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE