Senado Já Ignorou Decisões Anteriores do STF

O Senado poderia ter tomado a decisão política de ignorar a decisão inaplicável de Dias Toffoli, decisão essa que favoreceu Renan Calheiros. A casa já ignorou decisões anteriores igualmente improcedentes do STF em duas oportunidades: quando da suspensão do mandato do então senador Aécio Neves, e quando da decisão do STF de afastar Renan Calheiros, quando este ocupava a presidência do Senado em 2016.

Ao tomarem a decisão de não confrontar o STF e permitirem que as prerrogativas do Senado fossem usurpadas pelo ativismo judicial da suprema corte, os senadores demonstraram mais uma vez não terem ideia ou ignorarem o risco que representa para a democracia a aquiescência por parte do legislativo com o ativismo judicial. Um ativismo que precisa ser parado, sob o risco de reduzir o parlamento a uma nulidade completa. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário