por paulo eneas
O presidente Jair Bolsonaro foi escolhido para receber o Prêmio Personalidade do Ano de 2019 pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. A escolha foi organizada e conduzida pela Revista Forbes, que todo ano escolhe uma personalidade pública brasileira e outra norte-americana para ser agraciada com o prêmio, que é destinado às pessoas que contribuíram para a aproximação entre os dois países.

O prêmio dado ao presidente Jair Bolsonaro esse ano, que será entregue em uma cerimônia em Nova York em 14/05/2019, vai muito além de uma formalidade de uma entidade comercial bilateral. Trata-se do reconhecimento do presidente brasileiro Jair Bolsonaro como sendo um dos principais líderes da direita no Ocidente, ao lado de figuras como Donald Trump, Benjamin Netanyahu e Viktor Orban, da Hungria.

Os países governados por esses líderes ocidentais formam hoje, inclusive com suas diferenças, o eixo do bem em defesa dos valores de base da civilização ocidental contra a agenda ideológica, e também diplomática e comercial, defendida e levada a cabo pela esquerda financiada pelos globalistas. Daí serem identificados, corretamente, como antiglobalistas. Jair Bolsonaro foi eleito com um programa essencialmente antiglobalista.

A escolha de Jair Bolsonaro para o recebimento do prêmio não foi casual ou fortuita. Independentemente da vontade dos editores da Revista Forbes, a escolha reflete o acerto da nossa política externa ao promover a reaproximação estratégica do Brasil com os Estados Unidos e Israel, em um alinhamento geopolítico necessário e imprescindível para fazer frente aos globalistas e a esquerda internacional por eles financiada.

É esse alinhamento geopolítico de viés antiglobalista que explica o furor com que a esquerda e a grande imprensa atacam a política externa brasileira. Uma política externa claramente antiglobalista, conforme compromisso de campanha assumido pelo presidente, e levada a cabo com maestria pelo chanceler Ernesto Araújo. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

Política Externa: O Melhor Até o Momento do Governo Bolsonaro

Comente com seu perfil do facebook:
COMPARTILHAR