Saída Honrosa: O Mundo Fantasioso de Gustavo Bebianno

Segundo o jornalista Gerson Camarotti, Gustavo Bebianno teria imposto a condição de encontrar-se uma saída honrosa para ele deixar o governo. Ainda segundo o jornalista da Globo News, o debilitado ministro estaria indignado com o Presidente da República, por este ter endossado e respaldado seu filho, que teria chamado o ministro de mentiroso.

Em primeiro lugar, nem Gustavo Bebianno nem qualquer outro ministro pode impor condição alguma para deixar o governo. A nomeação e demissão de um ministro é ato unilateral da vontade do presidente, que é autoridade máxima da República. Portanto, falar em impor condição para deixar o governo chega a ser risível.

Em segundo lugar, ou o jornalista da Globo News ou o ministro está mentindo, de novo. Em nenhum momento Carlos Bolsonaro rotulou alguém de mentiroso. Ele tão somente provou que o ministro havia mentido. E provou de modo tão consistente, que sua mensagem foi retuitada pelo presidente, que depois confirmou em entrevista à Rede Record na noite de quarta-feira que o ministro havia mentido.

Portanto, se o que Gerson Camarotti afirma for verdade, Gustavo Bebianno está apenas vivendo num mundo fantasioso, tentando achar justificativa e meios de mitigar um erro que ele, e somente ele, cometeu e pelo qual terá que responder duplamente: sendo exonerado do governo e indo dar explicações à justiça eleitoral. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE