O Tempo do Presidente & O Tempo da Grande Imprensa

A segunda-feira foi tomada pelas especulações lamentosas da grande imprensa a respeito da suposta demora do Presidente da República em decidir pela exoneração de um ministro. Essas especulações eram acompanhadas de notas e matérias plantadas sobre supostas ofertas de cargo em estatal ou embaixada para o ministro que estava para ser exonerado, como uma forma de barganha ou consolação.

A imprensa errou e mentiu duplamente nas duas questões. Primeiramente por que o presidente já havia decidido pela exoneração na sexta-feira, como atestou seu porta-voz ao final do dia de ontem. Em segundo lugar, não houve oferta de cargo de consolação, pois tal prática não é da índole do presidente. O que houve foi oferta excessiva de fake news plantadas e amplamente difundidas pela imprensa.

O que a grande imprensa mentirosa e desonesta parece não ter percebido é que não é ela quem irá ditar o timing político do presidente. O tempo necessário para o chefe de governo decidir comunicar a exoneração de um subordinado seu é o tempo que ele julgar necessário, e não o tempo que atenda as expectativas da grande imprensa para a construção de suas narrativas desonestas e mentirosas. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

Felipe Moura Brasil: A Direita Fitness Revelada No Caso Bebianno

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário