Gustavo Bebianno na Conversa Entre Amigos na Jovem Pan

O Programa Os Pingos Nos Is exibiu ontem, 19/02/2019, um bate-papo entre amigos disfarçado de entrevista, e destinado a fazer guerra política contra o Governo Bolsonaro. Os dois amigos que mais se destacaram no bate-papo foram o convidado, o ministro demitido Gustavo Bebianno, e o suposto entrevistador Felipe Moura Brasil, que atuou como levantador de bola em vôlei de praia, entregando-a sempre redondinha para o ex-ministro cortar.

Em um trecho do bate-papo, o ex-ministro acusa Carlos Bolsonaro de ter feito referência indireta ao Vice-Presidente, General Hamilton Mourão, ao mencionar em uma mensagem no twitter que haveria pessoas interessadas na morte do presidente. Cabe perguntar que autoridade moral e que elementos materiais de acusação teria um ex-ministro, demitido do governo por ter traído a confiança do presidente, para fazer essa acusação baseada em ilações interpretativas a respeito de uma publicação do filho do presidente.

A pergunta ainda é mais pertinente se considerarmos que o atentado que vitimou o então candidato Jair Bolsonaro em Juiz de Fora-MG foi em grande parte facilitado pela ausência de um esquema de segurança apropriado para o candidato, esquema esse que era responsabilidade do coordenador geral da campanha: Gustavo Bebianno.

E a pergunta poderia ensejar outra, a saber: porque razão o coordenador de campanha, que também era advogado pessoal do então candidato, não providenciou imediatamente um assistente de acusação junto ao Ministério Público para acompanhar as investigações do crime cometido contra a vida de Jair Bolsonaro?

Essas perguntas, e outras do mesmo escopo, poderiam ter sido feitas a Gustavo Bebianno por Felipe Moura Brasil. Mas o jornalista não o fez pois, como todo levantador de time de vôlei, estava mais ocupado em erguer a bola para seu amigo do peito cortar. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE