Ajuda Humanitária Entra na Venezuela: Vitória dos Venezuelanos & Humilhação do Ditador Maduro

O presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, informou oficialmente em mensagem no twitter que o primeiro carregamento de ajuda humanitária proveniente do Brasil entrou em território venezuelano, o mesmo tendo ocorrido com a ajuda de origem colombiana. Havia o temor de o ditador Nicolas Maduro tensionar a situação na fronteira, para impedir a entrada de ajuda humanitária, a ponto de a situação escalar para um conflito armado entre as forças de segurança vizinhas, brasileiras e colombianas, e as forças venezuelanas.

A entrada da ajuda humanitária do Brasil, Colômbia e Estados Unidos é necessária em primeiro lugar para atender as necessidades básicas do povo venezuelano. Mas ela tem também uma componente política: os países do Grupo de Lima, liderados pela chancelaria brasileira, decidiram levar ajuda humanitária aos venezuelanos, e não consultaram o Maduro para isso. O ditador, por sua vez, decidiu impedir a entrada da ajuda, fechando as fronteiras num gesto desafiador.

Fazer a ajuda humanitária chegar aos venezuelanos, sem implicar numa escalada para um conflito militar nas fronteiras, é uma questão de honra para o esforço diplomático conjunto que vem sendo liderado pelo Brasil. Se a entrega da ajuda for bem-sucedida, será uma vitória desse esforço diplomático e uma humilhação para o ditador, cujo regime genocida está com os dias contados. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário