Venezuela: Jornalista de Esquerda Experimenta do Próprio Veneno Com Ditador Maduro

Uma equipe da rede de televisão norte-americana Univision, que transmite programação em espanhol, ficou detida por algumas horas nessa segunda-feira, 25/02, no Palácio de Miraflores, sede governo da Venezuela após gravar uma entrevista com o ditador Nicolas Maduro. A equipe é chefiada pelo jornalista Jorge Ramos, notório esquerdista norte-americano conhecido por difamar e caluniar Donald Trump, e que chegou a ser expulso de uma coletiva do então candidato republicano durante a campanha eleitoral americana.

Estando em Caracas, Jorge Ramos foi entrevistar o narco-ditador Nicolas Maduro, em um esforço que toda a imprensa de esquerda internacional vem fazendo para melhorar a imagem do genocida chavista e narco-comunista que ainda comanda aquele país. Após a entrevista, o ditador mostrou-se insatisfeito com as perguntas e mandou deter Jorge Ramos e a equipe de reportagem, que teve seus equipamentos de gravação confiscados.

Após três horas detidos em palácio, a equipe foi liberada. O esquerdista Jorge Ramos teve a oportunidade de conhecer ao vivo e em cores a realidade de um regime político e de uma ideologia que ele, como todo integrante da elite de esquerda internacional, julga sempre ser bom para os outros. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário