Governo Proíbe Desconto de Contribuição Sindical Em Folha de Pagamento

O Governo Bolsonaro editou Medida Provisória publicada nessa sexta-feira proibindo o desconto de contribuições sindicais na folha de pagamento dos assalariados. Com essa medida, as pessoas que desejarem fazer parte de sindicatos e contribuir financeiramente para eles poderão fazê-lo por meio de boleto bancário.

A medida visa impedir expedientes de burla com amparo judicial que os sindicatos vinham adotando para continuar retirando dinheiro dos assalariados à revelia da vontade de cada trabalhador. Os sindicatos passaram a usar desses expedientes depois da extinção da contribuição sindical obrigatória, adotada na mini-reforma trabalhista de 2017.

A medida é correta e visa estabelecer uma norma justa nas relações de trabalho: todo assalariado continua livre para associar-se a um sindicato e pagar contribuições, se assim o desejar, via boleto bancário. Diferentemente do que ocorria antes, quando esse desconto era compulsório e na maioria das vezes contra a vontade do assalariado. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

Comente com seu perfil do facebook:
COMPARTILHAR