Ativistas Agredidos Na Avenida Paulista por Militantes de Esquerda


Um pequeno grupo de ativistas patriotas de direita foi brutalmente agredido por dezenas de militantes de esquerda na Avenida Paulista no final da tarde desse domingo. Os ativistas faziam uma celebração simbólica e pacífica, com bolo de aniversário, do 31 de Março em frente à sede da FIESP, quando um grupo muito maior de militantes de partidos de esquerda partiram para agressão física contra os ativistas.

Um dos ativistas, Leandro Mohalem, foi derrubado no chão e agredido com socos e pontapés na cabeça. As agressões, violentas o bastante para caracterizar uma tentativa de homicídio, resultaram em ferimentos graves em Leandro, que foi levado a um Pronto Socorro da região. A Polícia Militar prendeu três agressores. Além da tentativa de homicídio contra Leandro Mohalem, os agressores também bateram em uma mulher e em um cadeirante.

A covardia e a violência dos atos praticados nesse fim de tarde pela escória formada pela militância dos partidos de esquerda espelham muito bem a natureza imoral e abjeta dos comunistas e seus aliados, que transformaram a Avenida Paulista em palco de degradação e de intolerância política. Além de terem quase destruído o País nos anos em que estiveram no poder, essa mesma esquerda derrotada nas urnas usa agora dos mais autênticos métodos fascistas para tentar impor-se pela força e pela violência.

Cabe à sociedade brasileira não apenas rechaçar essas correntes ideológicas socialistas e comunistas e suas práticas criminosas e violentas: cabe à sociedade brasileira encontrar meios de banir essas correntes da vida pública nacional. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário