Novo Ministro da Educação É Bem Recebido Pelos Conservadores

O novo Ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi muito bem recebido entre os apoiadores do Presidente Bolsonaro, especialmente entre aqueles que defendem a implementação da pauta conservadora que elegeu o presidente, e que se têm se posicionado contra as pressões internas que têm havido para afastar o governo dessa pauta e desloca-lo mais ao centro, numa perspectiva tecnocrática.

Na área da educação, havia de fato uma pressão para que o governo adotasse uma orientação de viés estritamente técnico e inofensivo à agenda globalista, deixando de atacar aquilo que de fato corroeu e destruiu o sistema educacional brasileiro durante os governos de esquerda, como o sócio-construtivismo na educação básica e a prevalência quase hegemônica do marxismo cultural nas diretrizes curriculares. A trajetória do novo ministro, que é economista da FGV, indica num primeiro momento que o governo não cedeu a essa pressão.

Para a secretaria executiva do ministério, o nome mais cotado é o de Eduardo Melo, que encontra amplo apoio entre os conservadores. A sua indicação para o segundo posto do ministério representaria a segurança para adoção de uma diretriz educacional do Governo Bolsonaro alinhada com a pauta conservadora e o efetivo desaparelhamento esquerdista do órgão, que é justamente uma das promessas de campanha do Presidente Jair Bolsonaro. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

Comente com seu perfil do facebook:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE