Venezuela: Grupo de Lima em Sessão Permanente

da redação
O Grupo de Lima reuniu-se nesta terça-feira (30/04) e declarou-se em sessão permanente em apoio ao presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, no “processo constitucional e popular” iniciada por ele para derrubar o ditador narco-comunista Nicolás Maduro. O grupo é formado por Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Venezuela.

A declaração oficial emitida pelo grupo inclui sete pontos, e exige o pleno respeito à vida, à integridade e à liberdade de todos os venezuelanos, bem como também de todos os membros da Assembleia Nacional, todos os líderes políticos, além da libertação imediata dos presos políticos.

A declaração também conclama a comunidade internacional a acompanhar a evolução da situação venezuelana, e oferecer apoio político e diplomático às legítimas aspirações do povo venezuelano, que deseja voltar a viver em democracia e liberdade, sem a opressão do regime ilegítimo e ditatorial de Nicolás Maduro.

Em que pesem os esforços diplomáticos empreendidos pelo Grupo de Lima, liderado pelo Brasil, para procurar uma forma pacífica de pôr fim à ditadura comunista venezuelana, os acontecimentos dessa semana sinalizam que os atores envolvidos, inclusive o Brasil, precisarão colocar na mesa todas as opções para efetivamente trazer de volta a democracia e a liberdade ao povo venezuelano. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário