Os Conservadores & As Ideologias no Governo Bolsonaro

 

por paulo eneas
A discussão política que tem havido no cenário nacional tem sido enviesada pela maneira errada com que vem sem do feito o uso da noção de conservadores e conservadorismo. É preciso ter claro em primeiro lugar que conservador não é um conceito teórico, e conservadorismo não é uma ideologia.

Ser conservador é defender valores tradicionais, é guiar a conduta pela moralidade judaico-cristã. Ser conservador é ser anticomunista e antiglobalista, é ser a favor da vida e intransigentemente contra o aborto. Ser conservador é ser pelo direito a posse e porte legal de armas. É não ter pena de bandido e nem preocupar-se com sua reinserção social após ser preso, e apoiar integralmente a polícia em suas ações.

Ser conservador é ser contra cotas raciais e ser a favor do controle estrito de nossas fronteiras para proteger nossa soberania. Ser conservador é ser pró-Israel, e a favor de um aliança estratégica de nosso País com os Estados Unidos. Ser conservador é ser contra a interferência do Estado na vida das pessoas, das famílias e das empresas, e ter claro que cabe às famílias, e somente a elas, decidir como educar seus filhos.

São esse valores que são abraçados pela imensa maioria dos brasileiros e que, por conta da defesa desses mesmos valores, elegeram Jair Bolsonaro para presidente. Confundir a defesa desses valores com alguma ideologia é demonstração de ignorância política. A mesma ignorância política que grassa e viceja nas redações da grande imprensa brasileira. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

Comente com seu perfil do facebook:
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE