A Medida Provisória 871 que o Presidente Jair Bolsonaro editou em janeiro com o objetivo de combater fraudes em benefícios pagos pela Previdência Social, e que altera as regras da concessão de benefícios como auxílio-reclusão, pensão por morte e aposentadoria rural, vencerá na próxima segunda-feira (03/06).

No entanto, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou nesta quarta-feira (29/05), que será possível votar a MP871 antes do prazo terminar. A informação também foi confirmada pelo Secretário Especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, que afirmou que “vai dar tempo de votar”. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews