Líder de Hackers Confessa Crime & Envolvimento do The Intercept

por paulo eneas
Conforme esperado, o líder do grupo de hackers presos ontem (23/07) pela Polícia Federal, Walter Delgatti Neto, confirmou ter praticado os crimes de invasão de celulares e de roubo de mensagens do Ministro Sérgio Moro, do procurador de Deltan Dallagnol, e de inúmeras outras autoridades federais. O mais importante: ele confirmou que os conteúdos publicados pela site The Intercept, do ativista político comunista ligado a espiões russos Glenn Greenwald, são fruto desse roubo.

Mais cedo, foi divulgado que informações obtidas junto ao COAF, por meio de autorização judicial, mostram que as movimentações financeiras recentes dos hackers presos estão absolutamente incompatíveis com suas rendas declaradas: enquanto a renda de cada um deles varia entre dois mil e quatro mil reais mensais, as movimentações nos últimos meses giraram na casa de centenas de milhares de reais.

Daqui a pouco traremos um histórico completo da operação de desmanche da ação criminosa que, conforme as investigações da Polícia Federal muito provavelmente irão mostrar, foi coordenada e orquestrada pelo agente comunista Glenn Greenwald, em conluio com um deputado federal a quem ele controla, e com envolvimento de agentes de espionagem internacionais. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

LEIA TAMBÉM:
Polícia Federal Prende Quatro Pessoas por Invasão de Celular de Sérgio Mor


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário