Donald Trump Não Sabia da Indicação de Eduardo Bolsonaro para Embaixada

Donald Trump Não Sabia da Indicação de Eduardo Bolsonaro para Embaixada


por paulo eneas
Em entrevista concedida hoje (30/07) nos jardins da Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou outra vez do Brasil e de sua disposição em estabelecer um acordo comercial entre Brasil e Estados Unidos.

Perguntado sobre a indicação de Eduardo Bolsonaro para a Embaixada do Brasil em Washington, Donald Trump elogiou a indicação, afirmando ser Eduardo Bolsonaro um jovem brilhante e de destaque. Após negar que a indicação seja nepotismo, Donald Trump afirmou:

I think it is a great appointment, I didn’t know that (eu acho que é uma grande indicação, eu não sabia dela).

Portanto, ao contrário de versão corrente entre apoiadores do Presidente Bolsonaro, a indicação de Eduardo Bolsonaro para a Embaixada do Brasil em Washington não resulta, nas palavras do próprio Donald Trump, de algum acordo prévio entre o presidente norte-americano e o presidente brasileiro.

Cabe observar, porém, que em nenhum momento o Presidente Bolsonaro mencionou tal suposto acordo para a indicação de seu filho, acordo esse cuja existência estava e está presente unicamente nos argumentos daqueles que defendem e apoiam a indicação.

A indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada seguramente é positiva e meritosa, porém não é imprescindível para as excelentes relações entre o Brasil e os Estados Unidos, pois a estreitamento dessas relações não depende da indicação desse ou daquele nome para as respectivas embaixadas, mas sim da vontade e disposição política já manifestas dos dois mandatários: Jair Bolsonaro e Donald Trump.

Nesse sentido, reafirmamos nossa posição de que, ainda que Eduardo Bolsonaro atenda plenamente as condições para exercer a função de embaixador, sua saída do Brasil e seu consequente afastamento da vida política nacional representarão um prejuízo para organização e fortalecimento do campo conservador e de direita raiz no País, razão pela qual esperamos que o presidente venha a rever essa decisão.

No primeiro vídeo abaixo, o trecho da entrevista de Donald Trump. Note-se que ao final da fala, ele afirma que não estava sabendo da indicação de Eduardo Bolsonaro. No segundo vídeo, o empresário e ativista Otávio Fakhoury discorre de porquê a saída de Eduardo Bolsonaro da vida política nacional representaria um prejuízo para a direita conservadora brasileira.




CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário